David Lima foi a grande figura Lusa no Meeting de Madrid, disputado esta sexta-feira, 14 de julho, no Complexo Desportivo Municipal Moratalaz. Lima foi quinto classificado nos 100 metros com 10.25 segundos, com o vento a soprar contrário ao sentido da corrida a 0.8 m/s, mas antes, nas eliminatórias, o atleta português já se tinha tornado no segundo homem mais rápido de sempre, ao ser segundo classificado com 10.05 segundos (v: +2.0 m/s), marca de qualificação para o Campeonato do Mundo de Londres, para o qual Lima já estava qualificado nos 200 metros.

 

Ainda nos 100 metros, Diogo Antunes correu em 10.30 segundos e Yazaldes Nascimento em 10.44 segundos, ambos com vento a +4.4 m/s, acima do limite permitido para homologação de marcas.

 

Em femininos, Lorene Bazolo venceu os 200 metros em 23.08 segundos (vento +0.2 m/s), também marca de qualificação para o Mundial de Londres, isto depois de ter corrido “sozinha” a prova local de 100 metros que também venceu em 11.43 segundos com vento a +3.5 m/s.

 

No Triplo Salto feminino Patrícia Mamona foi terceira com 14.13 metros e Susana Costa quarta com 14.09 metros, a apenas 1 centímetro da marca de qualificação para os Mundiais de Atletismo.

 

Nos 400 metros femininos Cátia Azevedo foi quinta classificada com 51.90 segundos , a sua melhor marca na corrente temporada, confirmando a marca de qualificação para os Mundiais de Londres enquanto que nos 400 metros mas com barreiras, Vera Barbosa repetiu a classificação da colega de treino registando 57.13 segundos.

 

Nos 400 metros masculinos, Ricardo dos Santos foi sexto classificado na série principal com 46.44 segundos, classificação também obtida por Marta Onofre, mas no Salto com Vara, onde ultrapassou a fasquia colocada a 4.03 metros.

 

Nos 110 metros barreiras Rasul Dabó foi terceiro classificado na final B com 13.74 segundos, o seu melhor registo na corrente época.