Patrícia Mamona e Susana Costa qualificaram-se na manhã deste sábado, 5 de agosto, para a final do Triplo Salto do Campeonato do Mundo de Atletismo, competição que decorre em Londres até ao próximo dia 13 de agosto.

 

Patrícia foi a primeira das portuguesas a carimbar o passaporte para a final de segunda-feira, saltando 14.29 metros no segundo ensaio da qualificação, isto depois de Olga Rypakova do Casaquistão e Caterine Ibarguen da Colômbia já terem, no primero ensaio, passado os 14.25 metros que davam acesso à final.

 

Susana fê-lo no último ensaio do concurso, numa altura que estava fora na final, a atleta portuguesa pulou para o seu recorde pessoal com 14.35 metros, acabando por ser a terceira melhor da classificação conjunta dos dois grupos da ronda qualificativa.

 

Tal como aconteceu nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016 e nos Europeus de Amesterdão no mesmo ano, Portugal volta a ter duas atletas na final do triplo salto de um grande Campeonato Internacional.

 

Antes, na qualificação do Lançamento do Peso para homens, Tsanko Arnaudov  foi 9º classificado no grupo A com 20.08 metros e Francisco Belo 13º no grupo B com 19.47 metros. Tsanko termina a competição em 17º lugar e Belo em 29º lugar, ambos sem acesso à final.

 

Durante a manha deste sábado, Lecabela Quaresma iniciou a sua participação no Heptatlo, correndo os 100 metros barreiras em 13.94 segundos e saltando 1.71 metros na altura. Lecabela é ao final de duas das sete provas do heptatlo 24ª classificada, somando 1854 pontos.

 

Na jornada de sexta-feira, David Lima correu os 100 metros em 10.41 segundos e Marta Pen Freitas os 1500 metros em 4:10.22 minutos, ambos sem acesso à ronda seguindo das respectivas corridas.

 

Entrevista com Patrícia Mamona

 

Entrevista com Susana Costa