Nelson Évora foi hoje sexto classificado na final do Triplo Salto dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, conseguindo um melhor salto de 17.03 metros, a melhor marca portuguesa da corrente temporada, melhorando os 16.99 metros conseguido na qualificação de ontem.

 

Évora abriu com concurso com 16.90 metros, melhorando no segundo ensaio para 16.93 metros e fechando a primeira parte do concurso com os 17.03 metros, a melhor marca obtida no Rio de Janeiro pelo atleta Luso. Em quinto lugar no final dos três primeiros ensaios, o recordista de Portugal da disciplina viu-se obrigado a arriscar, realizando os três últimos ensaios nulos e vendo o chinês Shuo Cao ultrapassá-lo na classificação final.

 

Évora termina assim em sexto lugar, oito anos depois de conquistar o Ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim e após atravessar um logo período de lesões que colocaram em risco a sua carreira desportiva.

 

A prova foi ganha pelo norte-americano Christian Taylor com 17.86 metros, repetindo o título olímpico de Londres. O também norte-americano Will Claye conquista a prata com 17.76 metros e o chinês Bin Dong o bronze com 17.58 metros.