A seleção portuguesa de Provas Combinadas conseguiu este fim-de-semana, 1 e 2 de julho, o sétimo lugar na I Liga do Campeonato da Europa de Equipas de Provas Combinadas, competição disputada em Monzón, Espanha, a melhor classificação de sempre da equipa Nacional.

 

No novo formato da competição, com homens e mulheres a contarem para a mesma classificação, Portugal foi segundo classificado na segunda Liga em 2013, subindo à I Liga onde em 2014 foi 8º. Em 2015 Portugal voltou a ser segundo classificado na II Liga, subindo à I Liga onde na edição deste ano foi 7º classificado com 35731, a melhor classificação de sempre da equipa Portuguesa, ainda assim não suficiente para garantir a presença na I Liga em 2019.

 

Individualmente, Lecabela Quaresma foi terceira classificada no Heptatlo com 5861 pontos e Samuel Remédios sexto no Decatlo com 7378 pontos, um novo recorde pessoal, feito alcançado também por Pedro Ferreira (24º com 6434 pontos) e por Catarina Fonseca, que com 5113 pontos no Heptatlo junta ao recorde pessoal a marca de qualificação para o Europeu de Juniores, a disputar em Grosseto (Itália) de 20 a 23 de julho.

 

Pontuações dos portugueses

Decatlo 

6º - Samuel Remédios -7378 pontos

24ºº - Pedro Ferreira - 6324 pontos

25º - Tiago Boucela - 5928 pontos

 

Heptatlo

3ª - Lecabela Quaresma - 5861 pontos

24ª - Rafaela Vitorino - 5127 pontos

24ª - Catarina Fonseca - 5113 pontos

 

 

As pontuações de Portugal no novo modelo

2013 - 36 250 pontos - II Liga - 2º lugar

2014 - 36 686 pontos - I Liga - 8º lugar

2015 - 36 311 pontos - II Liga - 2º lugar

2017 - 35731 pontos - I Liga - 7º lugar