Resultados ainda são provisórios

 

Apesar de ainda serem classiifcações provisórias, já é possível estabelecer-se a ordem com que os clubes competirão nas três finais (I, II e III divisões) dos Nacionais de Clubes, que se realizarão em Leiria, em 27 e 28 de julho.

 

Provas terminaram antes da partida dos 100 metros

 

Uma forte tempestade tombou sobre a cidade de Genéve, levando ao cancelamento do que restava realizar do programa de provas. O português mais prejudicado foi Carlos Nascimento, que estava previsto correr na segunda série, que se atrasou significativamente devido às duas falsas partidas, com protestos e visualizações por parte dos integrantes da primeira série. 

 

Quinta melhor marca de sempre da sportinguista

 

Cátia Azevedo correu hoje na Alemanha, no Meeting de Anhalt, vencendo a prova dos 400 metros em 52,13 segundos, a sua quinta melhor marca de sempre.

 

A sportinguista, recordista nacional na distância (51,63), impôs-se claramente à alemã Ruth Sophia Spelmeyer (53,12 s) e à sérvia Maya Ciric (53,20).

 

Excelente nível no triplo-salto da Liga Diamante

 

A sportinguista Patrícia Mamona terminou a sua participação no Meeting de Oslo com um sétimo lugar, tendo terminado o concurso com a marca de 14,09 metros (v: +1,3 m/s), conseguida ao quinto ensaio.

 

A vencedora foi a colombiana Caterine Ibarguen, que fez a melhor marca mundial do ano (14,79, vento: -0,2 m/s), liderando um concurso com sete mulheres a saltarem acima de 14 metros.

 

Fez a sua segunda marca deste ano


A sportinguista Evelise Veiga classificou-se hoje em segundo lugar na primeira edição do Memorial Irena Szewinska, um meeting que decorreu em Bydgoszcz.

 

Evelise Veiga terminou com a marca de 6,57 metros (v: +0,9 m/s), a mesma marca da vencedora, a húngara Anaztazia Nguyen, que fez um segundo melhor salto que a portuguesa (6,49, contra 6,42 de Evelise).

 

Sempre com ventos regulamentares, eis a série da atleta do Sporting: 6,17-X-X-6,42-6,28-6,57.
 

117 equipas (masculinas e femininas) em competição

 

O próximo fim-de-semana (15 e 16 de junho) está agendado para a realização do apuramento para os Campeonatos Nacionais de Clubes, estando inscritas um total de 117 equipas, masculinas e femininas, em representação de 73 clubes, dividindo-se a sua participação por cinco pistas:

 

Guimarães, com 17 equipas masculinas e 13 femininas:

Pombal, com 23 equipas masculinas e 17 femininas;

Torres Vedras, com 16 equipas masculinas e 10 femininas;

Chuva e vento impediram melhores resultados

 

A chuva esteve presente no Meeting de Montreuil, e houve atletas que não se adaptaram tão bem às condições obtendo resultados inesperados.

 

Foi o caso do triplo-salto, em que o benfiquista Pedro Pablo Pichardo terminou em terceiro lugar, com a marca de 16,67 metros (v: 0,0 m/s), sendo superado pelo norte-americano Christian Taylor (17,41 m), e por Hughes Fabrice Zango (17,08 m).

 

O sportinguista Nelson Évora terminou em 9º (15,39).
 

 

13 atletas alcançaram marcas de qualificação para os Europeus sub20 e sub23

 

O vento marcou presença no Meeting Cidade de Lisboa, que decorreu no Estádio Universitário, mas ainda assim, alguns jovens aproveitaram bem a oportunidade para conseguir ou confirmar as marcas de qualificação para os Europeus das suas categorias. Já lá vamos. 

 

Recordistas nacionais competem hoje no Estádio Universitário

 

Realiza-se hoje o Meeting Cidade de Lisboa, iniciativa da Associação de Atletismo de Lisboa, que se insere no Circuito nacional de Meetings, e que tem honras de transmissão televisiva em direto (via streaming), tendo previstos também os resultados em direto.

 

O programa inclui um “pré-meeting” com provas para jovens, desporto adaptado e veteranos, tendo uma cerimónia de abertura marcada para um pouco antes das 18 horas, iniciando-se o meeting principal a partir das 18 horas.

Resultados interessante no torneio de provas combinadas


Em Arona, no torneio espanhol de provas combinadas, o benfiquista Abdel Larrinaga, terminou o decatlo no sexto lugar, com um recorde pessoal de 7439 pontos (é agora o terceiro no ranking português de sempre), numa prova em que o vencedor foi o norueguês Martin Roe, com 8037 pontos.

 

Páginas