Bons resultados no Torneio Internacional de Lançamentos e dois recordes sub16...

 

Decorreu hoje o Torneio Internacional de Lançamentos de Leiria, desta vez num formato “caseiro”, apenas com a participação de atletas estrangeiros que há algum tempo vivem e treinam em Portugal, e a galega Lidia Parada, que tem aproveitado a janela de competições de Portugal para poder continuar em atividade.

 

Os destaques voltaram a pertencer aos atletas do costume, com Irina Rodrigues (Sporting) a vencer o disco com a segunda marca da época (62,86 metros), derrotando a campeã nacional Liliana Cá (Novas Luzes), que voltou a passar os 61 metros (61,02m).

 

No lançamento do peso, Auriol Dongmo (Sporting), que ontem bateu o recorde de Portugal com 19,53 metros, voltou a vencer, agora com a marca de 18,42 metros, à frente de Jessica Inchude (Sporting), que lançou a 17,00 metros. Em masculinos, Tsanko Arnaudov (Benfica) mostra consistência acima de 20 metros (20,42 m).

 

No disco masculino residia alguma expetativa quanto aos resultados que os sul americanos poderiam conseguir em Leiria, depois das suas marcas surpreendentes em Lovelhe. Não chegaram perto. Mauricio Ortega (Colombia) lançou a 64,97 m (longe dos 70,29m) e Juan Caicedo (Equador) lançou a 61,79 m (a quase oito metros dos 69,60 m). Quanto aos portugueses, Emanuel Sousa (Benfica), com 57,36 m, superou o campeão de Portugal, Edujose Lima (Sporting), que lançou a 56,19.

 

No martelo feminino, a equatoriana Valeria Chiliquinga (64,21) superou a campeã de Portugal Vânia Silva (Sporting), que conseguiu 61,16, enquanto em masculinos, Ruben Antunes (Sporting) se superiorizou aos restantes com 67,83 m. No lançamento do dardo, em femininos, triunfo da espanhola Lidia Parada (52,28), à frente da campeã Cláudia Ferreira (Sporting), que lançou a 51,84 m. Em masculinos triunfou Francisco Fernandes (Novas Luzes), com 59,34 m.

 

Ainda nesta disciplina, mas em atletas sub16, cairam duas melhores marcas nacionais de sempre. Em femininos, Inês Custódio (Novas Luzes) lançou 44,00m, melhorando o recorde anterior que já lhe pertencia. Em masculinos, o seu colega de equipa João Fernandes lançou a 63,31 metros, batendo o recorde anterior (61,30), que pertencia a Tiago Aperta desde 2007.

 

Categoria: