Lenine Cunha triunfou hoje nas provas de triplo-salto e pentatlo nos VIRTUS Campeonatos Mundiais de Pista Coberta (deficiência intelectual) que estão a decorrer em Torun, na Polónia, e que ficaram marcados pela atualidade da saúde mundial (efeitos do covi19), com a ausência de muitos países na competição.

 

Lenine Cunha saltou 12,62 metros no triplo-salto e terminou com 2604 pontos no pentatlo, sagrando-se campeão mundial em ambas as provas. 

 

Ainda no triplo-salto, mas feminino, também Ana Filipe se sagrou campeã com a marca de 11,83 m.

 

Nas provas que contam para o calendário Paralímpico, Cristiano Pereira sagrou-se vice-campeão dos 1500 metros (4.07,71), enquanto Luís Pimentel foi 8º na mesma final (4.26,25).  Na final de 400 m femininos, Solange Martins foi 6ª (1.16,81 minutos).

 

Nos 400 metros, passaram à final todos os atletas portugueses: Sandro Baessa (52,98 segundos), Carlos Freitas (53,57) e Carlos Lima (54,04).

 

Na segunda jornada (amanhã) estarão em competição nove portugueses em 10 provas: Cláudia Santos (60 metros e comprimento), Ana Filipe (comprimento e 60 m barreiras), Joana Silva e a estafeta de 4x200 m, no setor feminino; Carlos Lima (60 e 400 metros), Domingos Magalhães (60 m barreiras e peso), Lenine Cunha (60 m barreiras e comprimento), Sandro Baessa e Carlos Freitas (400 m) e Afonso Roll (3000 m marcha).