Medalha de prata para Ana Filipe (100 m barreiras) e bronze para Lenine Cunha (heptatlo) 

 

No segundo dia de atletismo dos INAS Global Games (atletas com deficiência intelectual), competição que decorre em Brisbane, na Austrália, até dia 18 de outubro, os atletas portugueses conseguiram conquistar mais duas medalhas. Uma de prata, nos 100 m barreiras por Ana Filipe (17.42 segundos), numa prova ganha pela russa Galina Randelina (16,95s). Trata-se da segunda medalha da atleta portuguesa nesta competição.

 

A outra medalha, de bronze, foi conquistada por Lenine Cunha, no heptalo (3271 pontos, numa prova ganha por Fernando dos Santos, do Brasil (3626 pontos). Os parciais do atleta português foram: 110 m barreiras – 17,06 s; altura – 1,57; peso – 8,01 m; 200 m – 24,22 s; comprimento – 6,19; dardo – 30,65 m; 1500 m – 3.55,69. Lenine Cunha ainda participou na final do salto em comprimento sendo 6º (6,08m), tendo triunfado Zulkifly Abdullad (MAL), com  6,84m.

 

Nas restantes finais, Inês Fernandes foi 4º no lançamento do Peso (10,57m), com triunfo de Gloria Agblemagno (FRA), com 12,62m, e também 4ª no lançamento do dardo (18,79m), tendo triunfado Sirly Tiik (EST), com 33,66m; e Domingos Magalhães foi quinta no lançamento do disco (33,35m), triunfou Alexandre Alexandrov (RUS), com 38,85m.

 

Finalmente, nos 400 metros, Carlos Freitas correu a meia-final em 52.57 segundos, terminando em 11º lugar, fora da final.

 

Amanhã, dia 16 de outubro, não há provas de atletismo.