Superados quatro recordes da competição

 

A presença de muitos atletas brasileiros e da América do Sul ajudaram a compor os resultados no meeting da Guarda, com vários recordes da competição a serem superados, confirmando as expetativas dos seus organizadores.

 

Entre as marcas mais relevantes, destaque para o lançamento do disco, com a brasileira Andressa de Moraes a chegar aos 63,25 metros (recorde do meeting), deixando para trás a sua compatriota Fernanda Martins (62,04); os 200 metros, com triunfo (em recorde do meeting) do brasileiro Aldemir Júnior em 20,27 segundos (+1,1), numa prova em que os benfiquistas Diogo Antunes (21,25) e André Costa (21,34) estiveram bem.

 

Outros dois recordes do meeting cairam nos 400 metros femininos, por Geisa Coutinho (Brasil), com53,77 segundos, e nos 800 metros, com Andrea Calderón (Equador) a vencer em 2.08,49.

 

Nas provas masculinas de 400 metros, o brasileiro Allison dos Santos venceu as barreiras em 49,67 e Zong Yang Tan (Singapura) venceu os planos (49,10 segundos).

 

Entre os portugueses, destaque para a sportinguista Vera Barbosa que fez a melhor marca do ano nos 400 m barreiras (57,50), enquanto no comprimento, Ivo Tavares (Benfica) venceu a prova masculina (7,70 m, v: 0,7 m/s) e Lucinda Gomes venceu a feminina (6,12 m).

 

Nos lançamentos, dois atletas dividiram os triunfos: Marco Fortes (Benfica) venceu o peso com 18,3 (e foi segundo no disco com 48,09) e Filipe Vital e Silva venceu o disco com 51,48 (e foi segundo no peso com 15,76).

 

Resultados completos na página da AA Guarda.