O regresso ao formato habitual da Taça dos Clubes Campeões Europeus de Corta-Mato a partir de 2022 é uma das notícias do Concelho da European Athletics que decorreu no passado fim-de-semana.

 

Na sua reunião do passado fim-de-semana, o Conselho da European Athletics tomou algumas decisões, sendo uma das mais significativas a da aprovação da Taça dos Clubes Campeões Europeus de Corta-Mato, a partir de fevereiro de 2022 (a data recomendada é 6 de fevereiro), e no programa prevê-se inclusão da estafeta mista, à semelhança do que acontece nos Campeonatos Europeus de Corta-Mato. No seguimento, a EA já abriu a receção de candidaturas à organização da prova.

 

Recorde-se, entretanto, que Portugal realizou no passado mês de março os seus Campeonatos de Corta-Mato, com triunfo das equipas do Sporting em ambos os géneros.

 

Quanto à decisão de atribuir a Madrid a organização de 2023 do Campeonato da Europa de Equipas – Super Liga, a EA refere que existe a possibilidade de incluir a prova nos Jogos Europeus, sendo que, se tal acontecer, Madrid organizará a prova em 2025, em alternativa. Foram ainda atribuídas as organizações do Europeus de sub-23, em 2023, a Espoo, na Finlândia, e os Europeus sub-20, em 2023, a Cluj-Napoca, na Roménia. 

 

No que concerne às competições, ainda não existe novidades sobre o regresso da Taça do Clubes Campeões Europeus de Pista, alegadamente para ser realizado no novo formato de “Dynamic New Athletics”, a verdade é que o “teste” previsto para a pista coberta em Torun foi cancelado, sendo reagendado para Istambul 2022 (pista coberta), estando, no entanto, a ser regulamentada a Taça dos Clubes Campeões Europeus sub-20 neste formato. Recorde-se que, sobre este DNA, a federação espanhola tem levado a cabo um conjunto de competições teste neste formato, com início em 1 de janeiro de 2021, em ambiente escolar e com o lançamento de uma aplicação de telemóvel para acompanhamento de resultados. 

 

Já com efeitos para esta época - e para o próximo dia 16 -, foram aprovadas alterações aos regulamentos respeitantes aos Campeonatos da Europa de Equipas em Marcha Atlética, permitindo a penas a participação de atletas com idade mínima de 20 (vinte) anos em 31 de dezembro do ano da competição nos 50 km masculinos e nos 35 km femininos, fixando esta norma para 2023, com exclusão da prova de 50 km marcha em masculinos, reduzindo a distância para 35 km.

 

Entretanto, ficamos aqui com um link (http://www.european-athletics.org/calendar/) para o calendário oficial 2022 a 2025 da European Athletics.