Comunicado: suspensão de provas nacionais e regionais

 

A Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) informa que se encontra atenta à situação vivida em Portugal, derivada da pandemia do coronavírus (COVID 19), e que respeita integralmente o Estado de Emergência decretado pelas autoridades portuguesas, numa luta contra o surto de propagação do vírus.

 

AnexoTamanho
PDF icon comunicado_fpa_23042020.pdf244.48 KB

Os marchadores não têm competições em 2020, mas Ana Cabecinha não desarma...

 

Ana Cabecinha, recordista nacional dos 20 km marcha continua a sua preparação, embora já não tenha qualquer tipo de objetivo à vista, pois tanto Jogos Olímpicos (adiados para 2021) como os Mundiais de Seleções de Marcha Atlética (adiado desde maio, ainda sem data prevista) deixaram de ser opção e os Europeus de Paris 2020 (ainda sem decisão final) não têm provas de marcha. A sua última prova foi em março, nos Campeonatos de Portugal de Pista Coberta, onde obteve o seu nono título consecutivo…

 

Amanhã (11 de julho) terminam os Desafios de Verão promovidos pela Federação Portuguesa de Atletismo com a realização de “A Marcha é Para Todos”, com o apoio das Associações de Atletismo do Porto, Leiria e Algarve. 

 

Este desafio de marcha atlética, a nível nacional, decorrerá nas pistas de Lousada (norte), Pombal (centro) e Faro (sul), na distância de 3.000 metros (distâncias que serão utilizadas nos campeonatos nacionais), com início às 20.30 horas, sendo as partidas de 20 em 20 segundos.

 

 

O benfiquista João Coelho foi o protagonista das “Vertigens do Tartan” ao vencer a prova de 300 metros com a marca de 33,55 segundos.

 

Foi no decorrer do desafio de velocidade incluído nos Desafios de Verão promovidos pela Federação Portuguesa de Atletismo, com o apoio das Associações de Atletismo de Lisboa e Porto, com as provas a decorrerem nas pistas do Estádio Universitário e de Lousada.

 

 

Mário Trindade (CTUS) esteve em destaque nas provas de preparação da Associação de Atletismo do Porto, que decorreram em Lousada. O internacional paralímpico português obteve a marca 17,73 segundos (vento +1,8) nos 100 metros em cadeira de rodas. O atleta da categoria T52, sobe ao quarto lugar do ranking mundial de 2020. 

 

Esta marca obtida pelo atleta enquadra-se nas exigências do quadro de acesso ao projeto de preparação olímpica, caso o Comité Paralímpico Português assim o determine.

 

 

É já o próximo domingo que regressam os Desafios de Verão da Federação Portuguesa de Atletismo, com o “Desafio Recorde” e o “Isto Não É Para Fracos”…

 

O “Desafio Recorde” destina-se a lançadores de dardo, que são motivados para baterem ou aproximarem-se dos recordes nacionais das diferentes categorias. A prova decorrerá na pista de Vagos, a partir das 16.30 horas de domingo (5 de julho), tendo como principal protagonista o recordista nacional Leandro Ramos, do Benfica, que tem como melhor 77,52 metros, e que esta época já lançou a mais de 75 metros (75,75m).

 

A equipa do Centro venceu a Luta de Territórios, o desafio de lançamento do martelo integrado nos Desafios de Verão da Federação Portuguesa de Atletismo.

 

O quartelo, que competiu no Centro Nacional de Lançamentos, no final da competição, somou o melhor registo de cada atleta e fechou a classificação com 239,94 metros, à frente da equipa do Norte, que competiu no Centro de Lançamentos de Lovelhe, somando 229,17 metros. Na terceira posição ficou a equipa da Madeira, que competiu no Regimento Guarnição 3, no Funchal, somando 214,19 metros.

 

Páginas