Sensacional Liliana Cá obtém recorde pessoal de 65,10 metros, qualifica-se para os Jogos Olímpicos e é líder mundial

 

Depois de, a meio da semana, ter obtido um recorde pessoal lançando o disco a 63,28 metros, Liliana Cá voltou a mostrar todo o seu bom momento de forma nos Campeonatos Nacionais de Lançamentos Longos, que se realizaram em Vagos, ao alcançar um novo máximo com o registo de 65,10 metros, no seu único ensaio válido! 

 

Comunicado: suspensão de provas nacionais e regionais

 

A Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) informa que se encontra atenta à situação vivida em Portugal, derivada da pandemia do coronavírus (COVID 19), e que respeita integralmente o Estado de Emergência decretado pelas autoridades portuguesas, numa luta contra o surto de propagação do vírus.

 

AnexoTamanho
PDF icon comunicado_fpa_23042020.pdf244.48 KB

Os marchadores não têm competições em 2020, mas Ana Cabecinha não desarma...

 

Ana Cabecinha, recordista nacional dos 20 km marcha continua a sua preparação, embora já não tenha qualquer tipo de objetivo à vista, pois tanto Jogos Olímpicos (adiados para 2021) como os Mundiais de Seleções de Marcha Atlética (adiado desde maio, ainda sem data prevista) deixaram de ser opção e os Europeus de Paris 2020 (ainda sem decisão final) não têm provas de marcha. A sua última prova foi em março, nos Campeonatos de Portugal de Pista Coberta, onde obteve o seu nono título consecutivo…

Campeonatos Nacionais de Esperanças em Pista Coberta: coletivamente, o Benfica segue na frente em ambos os géneros

 

Por força das circunstâncias causadas pela pandemia, os Campeonatos Nacionais de Esperanças, em Pista Coberta, reeditaram o modelo lançado no verão passado, com provas em vários recintos cobertos do país: Braga, Jamor (Oeiras), Pombal e Vila Real de Santo António.

 

A Federação Portuguesa de Atletismo divulga a edição em versão online do Anuário Atletismo referente à época 2019/2020. Uma publicação de acesso livre, com 302 páginas, elencando as listas dos melhores atletas da época, desde absolutos até aos sub14; resumindo as prestações internacionais dos atletas portugueses, os pódios nas competições anuais nacionais e ainda o desporto adaptado.

 

Atleta do Novas Luzes bateu o seu recorde pessoal e ficou muito perto da qualificação olímpica direta, mantendo-se como a segunda melhor mundial do ano

 

Foi no decorrer das provas de preparação organizadas pela Associação de Atletismo de Lisboa, na pista ao ar livre no CAR Jamor, que a atleta Liliana Cá, do Novas Luzes, obteve mais um fulgurante recorde pessoal, lançando o disco a 63,28 metros, ficando a escassos 22 centímetros (63,50) da qualificação direta para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

 

Ao lançar o dardo a 78,44 metros, o atleta superou o seu anterior recorde, que datava de 2019, e é o sétimo no Mundo

 

Excelente concurso de Leandro Ramos (Sport Lisboa e Benfica), no lançamento do dardo nas provas de preparação no CAR Jamor. Ao último ensaio, o benfiquista conseguiu o lançamento recorde (78,44 metros), a culminar uma série excelente: abriu com 74,72 metros, melhorou depois para 75,18 m, e depois fez, sucessivamente, 74,05, 72,99 e 73,01, antes do recorde!

 

Páginas